Plataforma gratuita reúne séries e filmes feitos por negros

Lançado em 17 de maio, AFROFLIX é uma plataforma streaming criada no Brasil que disponibiliza conteúdos audiovisuais online com uma condição: possuam pelo menos uma área de atuação técnica/artística assinada por uma pessoa negra. O site é gratuito e usa suportes como o YouTube e Vimeo para disponibilizar filmes, clipes, séries, documentários e curtas, desde que produzidos OU escritos OU dirigidos OU protagonizados por pessoas negras.

Além de promover e atuar na afirmação da cultura de origem africana, o Afroflix foca em um nicho, como tem ocorrido com outras plataformas streaming (também chamadas de OTT – Over the Top) que disputam espaço com gigantes como Netflix ou Google TV.

Com cerca de 100 títulos, entre as diversas opções de gêneros, formatos e durações disponíveis hoje, há o premiadíssimo Branco Sai, Preto Fica (2014), longa de Ardiley Queirós, de Brasília (DF), o curta Fantasmas (2010), do mineiro André Novais Oliveira, que permite várias leituras, inclusive a de ser na verdade uma brincadeira com o chamado vídeo experimental.   Algo pouco usual em canais OTT, o Afroflix inclui a opção Vlogs, que reúne vídeos em que a moçada faz comentários sobre os mais diversos assuntos, atraindo centenas ou milhares de fãs.

Mwany - documentário de Nivaldo Vasconcelos (AL)

Mwany – documentário de Nivaldo Vasconcelos (AL)

 

COMO PARTICIPAR
As inscrições de vídeos estão encerradas (pelo menos no momento), mas é possível indicar produções que se encaixem nos requisitos básicos, passando então por uma curadoria e contato com a equipe de produção. Vale lembrar que nenhum conteúdo inscrito gratuitamente terá fins lucrativos.

 

0

Deixe seu comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.