Um “Breve olhar sobre o cinema baiano” entra em cartaz este mês, no projeto Cinema do Palacete das Artes. Desde os pioneiros como Roberto Pires e Glauber Rocha, passando por André Luiz de Oliveira, Edgard Navarro, Póla Ribeiro, José Araripe Jr., Fernando Belens, Sérgio Machado, até o surgimento de uma nova geração de realizadores, o “Cinema Baiano” não abre mão da força telúrica que emana da “terra dos orixás” e que se mostra também em outras linguagens artísticas.
As sessões são realizadas sempre às 17h, e abre dia 21 com o filme “Eu me lembro”, do diretor Edgard Navarro. Na sequencia haverá um coquetel de lançamento do dvd do novo filme do diretor, “O Homem que não dormia”. No dia 22 é a vez de “Redenção”, considerado o primeiro filme baiano de longa metragem, do diretor Roberto Pires. Na quarta (27) será apresentado “Álbum de Família”, de Wallace Nogueira. “Esses moços”, do diretor José Araripe Jr. encerra a programação, dia 29, no mesmo horário.
www.palacetedasartes.ba.gov.br

Cinema+no+Palacete

 

1
  1. Divaldo Caldas Machado on

    O Bom Cinema Baiano em Atividade no Palacete das Artes. Oportunidade de ver filmes sobre a cultura baiana.

Deixe seu comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.