O Internet Archive, archive.org, é uma organização sem fins lucrativos que mantém um gigantesco arquivo de recursos multimídia. Foi fundada em 1996 e localiza-se em São Francisco, Califórnia. O acervo inclui livros, gravações de áudio, documentos, trechos de telejornais e programas de TV (basicamente norte-americanos), além de softwares, games e cerca de 450 bilhões de páginas da internet, inclusive de sites desativados. Se bem que não são sites completos. São cópias feitas em alguns dias do ano (muitas vezes sem as imagens). Devido ao seu objetivo de preservar o conhecimento humano e disponibilizá-lo a todos, o Internet Archive já foi comparado à Biblioteca de Alexandria. É possivel também salvar um site para que seja arquivado exatamente como aparece na data vigente. Veja em https://archive.org/web/

Como exemplo, o site da ABCV – Associação Baiana de Cinema e Vídeo possui pouco mais de 30 registros entre 2006 e 2012. Podem ser vistos o estatuto, notícias até resumos de reuniões que escreví na época em que fui diretor de comunicação da entidade. Lá encontrei também o encarte que fiz com Jorge Alfredo, o Novíssima Onda Baiana. Em 2014 esse dominio foi adquirido por outra associação baiana, a de proteção aos condutores de veículos automotores, e hoje encontra-se desativado.

O ASSUNTO É CINEMA

O site também disponibiliza milhares de filmes (de modo absolutamente legal) que podem ser vistos em streaming ou baixados. São obras que passaram a ser de domínio público. Há longas, curtas, documentários de diversas partes do mundo, animações, várias peças de propaganda da II Guerra Mundial, filmes caseiros… Veja link…

Entre os longas disponiveis gratuitamente estão clássicos, como Metrópolis, de Fritz Lang, numa versão remasterizada, mas com audiodescrição (em inglês), sem alternativa. Outras preciosidades são Os 39 Degraus, da fase britânica de Alfred Hitchcock, curtas de Charlie ChaplinBuster Keaton e Os Três Patetas.

metropolis

O site organiza os filmes por gênero, que podem ser identificados por ano, estilo, elenco, língua, tema e inúmeras palavras-chave. Entre as muitas curiosidades, é possivel se deparar com o curta Frankenstein, produzido em 1910 pelos estúdios Thomas Edison. Ainda na seção sci-fi/horror, um dos vários erros que devem estar espalhados pelo site: o nosso conhecido À Meia-Noite Levarei Sua Alma, de José Mojica Marins, o Zé do Caixão, tem uma versão legendada em inglês, At Midnight I Will Take Your Soul, e créditos a um tal de Dwid Hellion, que apenas apresentou o filme em um programa para a TV. Zé do Caixão é conhecido internacionalmente como Coffin Joe.

coffin-joe

Zé do Caixão/ Coffin Joe

belo-horizonte-anos-40

Belo Horizonte nos anos 40

 

 


 

 

 

 

Na seção Filmes Caseiros/Home Movies podem ser garimpadas imagens antigas de diversas regiõs do mundo (não apenas dos EUA). Cidades brasileiras aparecem em um filme educacional de 1945 produzido pelo Exército Americano, The March of Time – Brazil. De 1949 há outro curta, desta vez específico sobre o plano de desenvolvimento de Belo Horizonte.

Em Animações e Cartoons há desde curtas dos anos 30 com Betty Boop, Felix, o Gato e  Popeye, até produções mais recentes, como uma coleção inteira dedicada a produções conhecidas como Machinimas, animações realizadas a partir da captura de telas de jogos e ambientes virtuais.

Até o momento o site possui pouco mais de 2 milhões de vídeos catalogados, distribuidos em coleções de filmes militares, antropólogicos, promocionais, esportivos, videoloops, enfim, uma infinidade para deixar editores e VJs ensandecidos.

Qualquer pessoa pode enviar material para o Archive.org, desde que seja de domínio público ou o próprio dono dos direitos. Veja os termos de uso.

Estamos em plena era da arqueologia midiática.

 

2
  1. Olá, gostaria de saber se poderia reeditar as imagens que estão no archive.org listadas como public domain e usá-las para fins comerciais. É possível? Obrigada!

Deixe seu comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.