Bahia Visual lança primeiro hub de produtoras
e profissionais do audiovisual na Bahia .

Viabilizar uma produção audiovisual é uma tarefa que exige além da capacidade técnico-criativa, o entendimento da cadeia produtiva do setor, com seu mercado exponencial, e a experiência de gerenciamento de projetos. Foi pensando em aglutinar competências e potencialidades que a Bahia Visual Produções e Serviços Ltda. formou o seu próprio HUB, um núcleo de criação e produção de conteúdos que une produtoras e profissionais do audiovisual baiano. Criado há seis meses, o Hub Bahia Visual é o primeiro que se tem notícia no estado e congrega atualmente sete produtoras que trabalham em 11 projetos. 

“A nossa ideia sempre foi reunir talentos e focar em projetos que não haviam se concretizado por carências de planejamento, estrutura, estudo de mercado e padrões de consumo de produtos audiovisuais”, afirma Carla Copello, diretora de Conteúdo Bahia Visual e coordenadora do HUB. “Nosso HUB traz as características básicas de formação desses espaços contemporâneos de trabalho, principalmente o empreendedorismo e a preocupação com o futuro do planeta, os conceitos de sustentabilidade e bem estar, tudo isso associado a networking, estratégia, conhecimentos, cultura popular e business, principalmente narrativas brasileiras ainda não reveladas”, pontua.

O HUB tem o intuito de fortalecer as empresas e os profissionais, oportunizando o acesso a players nacionais e internacionais, que usualmente é dificultado pela distância do eixo RJ-SP. Os profissionais que integram o Hub apresentam projetos que englobam gêneros que transitam entre o documentário, games, animação, realities e ficções com soluções transmídia, o que confere ao consórcio uma cartela diversificada de obras.

Integram o HUB Bahia Visual, além dos sócios da Bahia Visual, Renato Scop, diretor financeiro e controller dos projetos, e Carla Copello, diretora de Conteúdo,  a produtora executiva e roteirista Carollini Assis, que possui vasta experiência em TV e programas com conteúdo ficcional, documental e de entretenimento, tendo passagem por afiliadas de emissoras nacionais e pela EICTV/Cuba; a cineasta Sophia Midian, de O Candeeiro Filmes, que é roteirista, produtora e diretora de cena, Mestre em Cultura e Sociedade pela UFBA e professora de Comunicação: Rádio e Tv na UNEB, já tendo realizado diversos filmes e projetos de capacitação audiovisual; Fernanda Bastos, da Colorida Filmes, diretora de cena, diretora de arte, motiondesigner, também com passagem pela EICTV/Cuba; Luciano Lima, diretor de fotografia com mais de 25 anos de experiência, com passagem por produtoras e afiliadas de emissoras nacionais como SBT e Record, premiado nacionalmente pelo Banco do Nordeste em 2017 com um programa regional; Felipe Pereira da Aoca Game Lab, empresa incubada no Centro de Pesquisa Comunidades Virtuais (UNEB), é game designer e produtor, graduado em História, pós graduado em Game Designer e Mestre em Educação e Contemporaneidade;  e Gilson Rabelo, Designer especialista em Marketing (UNIFACS), 19 anos de experiência profissional, com passagem de 10 anos na TV Bahia (afiliada Globo) e atualmente Designer do Instituto de Saúde Coletiva da UFBA.

Carla Coppelo e Renato Scop

O HUB lançará sua cartela de projetos durante o maior evento de criatividade e inovação da América Latina, o R2C, que acontece em abril no Rio de Janeiro.

Sobre a Bahia Visual:

A Bahia Visual é uma produtora brasileira independente, cadastrada na Ancine desde 2016, especializada em realização de conteúdo audiovisual. A empresa atua na produção de vídeos, programas de televisão, consultoria empresarial especializada e desenvolvimento de projetos customizados, conteúdos transmídia e utilização de novos meios e canais de relacionamento digitais, além de campanhas voltadas para a construção e posicionamento de marcas visando o aumento das vendas e expansão de negócios. Tem se firmado no mercado e realiza parcerias e coproduções com empresas produtoras como a TêmDendê Produções, Pocket Produções, Colorida Produções (Fernanda Bastos) e O Candeeiro Filmes. Possui três projetos aprovados – em fase de produção e contratação – pela Ancine/BRDE, via linhas Prodav 01 e 02, totalizando cerca de R$ 2 milhões de reais, para as tevês Difusora (SBT), Record News, TV Athenas e TVE (Irdeb) e uma cartela variada de outros projetos em desenvolvimento. A Bahia Visual realiza também análise e pesquisa de dados de mercado que visam avaliação e viabilidade (ROI) de conteúdos audiovisuais, além de atuar em parcerias com players do mercado, canais nacionais e internacionais, órgãos públicos e privados e financiadores públicos.

Ascom Bahia Visual
Carollini Assis
carolliniassis@gmail.com
(71) 99239-3709

0

Deixe seu comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.