Foi lançado no dia 29 de novembro na Cinemateca Brasileira, em São Paulo, o resultado da pesquisa o estudo Mapeamento e Impacto do Setor Audiovisual no Brasil 2016, iniciativa da APRO (Associação Brasileira da Produção de Obras Audiovisuais) e do SEBRAE (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas).

Realizado pela Fundação Dom Cabral, a pesquisa é inédita pelo tamanho e abrangência, tendo como objetivo principal evidenciar a relevância do setor audiovisual para a economia, por meio de informações que possibilitem compreender melhor a dinâmica setorial e traçar ações que contribuam com seu crescimento.

As horas produzidas de obras seriadas no Brasil cresceram 318% entre 2008 e 2014, segundo a Ancine 

Em dois anos de trabalho foram reunidas e analisadas informações sobre o mercado audiovisual brasileiro em diversos segmentos, como cinema, TV aberta, TV por assinatura, VOD e publicidade, em toda a cadeia produtiva.

A pesquisa está dividida em quatro partes:
Mercado Audiovisual no Brasil;
Impacto Econômico do Setor Audiovisual no Brasil;
Audiovisual Internacional, com um panorama do setor audiovisual em 13 paises;
Uma Visão Qualitativa sobre as Empresas de Produção Audiovisual no Brasil, em se apresenta um perfil das produtoras de conteúdo audiovisual independente.

mapeamento_audiovisual

O estudo pode ser baixado aqui:
Objetiva Audiovisual

ou na Biblioteca SEBRAE

Veja também o artigo de Guilherme Fernandes para o site Meio e Mensagem:
Estudo avalia impacto econômico do setor audiovisual

 

0

Deixe seu comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.