Geraldo Moraes ministra oficina
sobre o uso do eneagrama em dramaturgia

Descoberto pelo pesquisador G. I. Gurdjieff, o eneagrama é um recurso de grande utilidade na criação e no desenvolvimento de projetos e vem sendo cada vez mais utilizado na psicologia e na administração empresarial. Sua aplicação ao campo da dramaturgia e em especial à criação de roteiros para cinema e televisão é inédita e vem sendo pesquisada há dez anos pelo cineasta e professor brasileiro Geraldo Rocha Moraes, que assegura tratar-se da ferramenta mais adequada para a produção audiovisual na era do digital e dos multimeios. Segundo ele, além da cronologia, o Eneagrama permite entender o dinamismo interno dos projetos e assim acompanhar e corrigir seu desenvolvimento.

GERALDO MORAES
Diretor e roteirista de filmes de longa e curta metragens com incursões na televisão e na publicidade, Geraldo foi professor da Universidade de Brasilia, na famosa Escola Internacional de Cinema e Televisão de San Antônio de los Baños e estudou roteiro com Syd Field e Jean Claude Carrière. Além de sua experiência na produção audiovisual e no ensino de cinema e televisão, ele é conhecido também como gestor e articulador de políticas públicas na área cultural, tendo sido inclusive Secretário do Audiovisual do Ministério da Cultura, presidente do Congresso Brasileiro de Cinema e diretor da Federação Internacional das Coalizões pela Diversidade Cultural, que reúne mais de 40 países de todos os continentes. Sua pesquisa sobre o emprego do eneagrama na dramaturgia já dura mais de sete anos e foi testada com sucesso em filmes e séries de televisão.

Local: DIMAS (Biblioteca dos Barris), em Salvador-BA

Dias: 21 a 26 de novembro/2016

Horário: 18 às 22h

Público-alvo: roteiristas, estudantes de audiovisual e pessoas com alguma experiência em dramaturgia.

Inscrições: Os interessados devem solicitar a ficha de inscrição e aguardar a seleção dos currículos no endereço eletrônico oficinascbdc@gmail.com  

0

Deixe seu comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.