Na edição desta terça-feira o jornal A Tarde traz reportagem de capa no Caderno 2+ sobre o In-Edit Brasil – Festival Internacional do Documentário Musical, que terá abertura hoje em Salvador, na Sala Walter da Silveira.


Cinema Musical

22 documentários musicais nacionais e internacionais ganham destaque no
Festival In-Edit Brasil que começa hoje, na Sala Walter da Silveira, e segue até dia 8.

por Vinícius Marques
(sob a supervisão da editora Márcia Moreira)

Veja versão em PDF
Depois de quase três anos sem acontecer em Salvador, o In-Edit Brasil – Festival Internacional do Documentário Musical volta para a capital baiana com sua 6ª edição. A partir de hoje até domingo, na Sala Walter da Silveira, nos Barris, o festival apresenta uma programação de 22 filmes produzidos no Brasil e exterior, além de feira de vinil, masterclass e show.

O In-Edit, originado da Espanha, acontece no Brasil há 10 anos. Em Salvador, esta é a 6ª vez que o festival a apresenta o melhor do cinema mundial documental musical, já que a última edição foi em 2015. O festival desembarca hoje, às 20h, em Salvador, com Fevereiros, de Marcio Debellian, filme vencedor da edição nacional, realizada no último mês em São Paulo.

“Já teve outras vezes que tivemos a sorte de levar o filme vencedor para Salvador. Abrir o festival com Fevereiros, um filme que tem tudo a ver com a Bahia, com Maria Bethânia, que é um dos totens incontestáveis da Bahia, é algo bem poderoso”, conta Marcelo Aliche, curador do In-Edit Brasil. O longa de Debellian tem como mote a homenagem da escola de samba Estação Primeira de Mangueira para Bethânia – a escola ganhou o título após um jejum de 13 anos. Mas o filme também traz uma Bethânia recordando de suas primeiras festas e a importância da religiosidade em sua vida.

Fevereiros, de Marcio Debellian, é o filme de abertura

O filme é o terceiro trabalho no cinema do diretor, todos comparticipação de Bethânia. “Fevereiros surgiu assim que
fiquei sabendo que a Mangueira iria homenagear a Bethânia. Aquilo de cara me chamou muita atenção pois era algo grande e merecia ser registrado”, lembra Debellian.

Outro destaque na mostra é o longa Smetak, de Simone Dourado, Mateus Dantas e Nicolas Hallet. O filme fala dos novos pensamentos nas artes e na filosofia os quais Smetak abriu como alquimista contemporâneo. Suíço, o músico veio para Salvador em 1957 e acabou ficando. Nicolas Hallet define o documentário como“um filme de costura” e “bem experimental” e garante: “Não é um projeto fácil, é preciso abrir mão, mas ele transmite uma coisa quase metafísica ou filosófica sobre a vida e o universo para quem está aberto ao filme”.

>> Veja matéria sobre o filme Smetak

Cena de Smetak, filme sobre Walter Smetak, de Simone Dourado, Mateus Dantas e Nicolas Hallet

 

O filme estreou simultaneamente no In-Edit Brasil (São Paulo) e no Festival Olhar de Cinema (Curitiba). Agora é a vez de Salvador. Outros filmes jogam luz em artistas baianos, como Dê Lembranças a Todos, sobre a vida e a obra de Dorival Caymmi e Maestrina da Favela, que conta a história de Elem Silva, diretora de um grupo de percussão infantil no Pelourinho.

Programação paralela
Para além da exibição dos documentários, a edição baiana do In-Edit apresenta uma masterclass – aula com um especialista – sobre a relação da fotografia com os diversos gêneros de documentário. A aula acontece neste sábado, das 11h às 13h, com o diretor Rodrigo Toledo. A atividade é gratuita e aberta ao público. “Ele é uma figura que vem fotografando documentários há muitos anos e dá aula em várias universidades e cursos, entre eles a famoso Escuela Internacional de Cine y Television, em Los Baños, Cuba”, afirma Marcelo Aliche.

Uma feira de vinil também será montada no espaço da Sala Walter da Silveira e um show de encerramento fica por conta do projeto multilinguagem O Rabequeiro Maneta e a Fúria da Natureza, de Manu Maltez, às 21h, no Bar Velho Espanha.

FESTIVAL IN-EDIT
3 a 8/ julho 2018

SALA WALTER DA SILVEIRA
Rua General Labatut, 27, BARRIS
R$6 e R$3

PROGRAMAÇÃO COMPLETA EM www.in-edit-brasil.com

facebook/ineditbrasil

0

Deixe seu comentário

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.